Uma certa empresa coreana

A visita ao Samsung D’Light, em nossa viagem a procura de espaços de recepção empresariais na Coreia e no Japão, estava cercada de curiosidade de nossa parte. Afinal, a Samsung seria a primeira de nossas visitas desde a chegada a Seoul, assim como é dos grupos empresariais mais prestigiosos da Coreia, o maior do país e que, na última década, marcou forte presença no Brasil.

Nada que um leitor mais bem informado sobre as grandes empresas de tecnologia da informação não saiba.

Conhecer o Samsung D’Light, de maneira inesperada, iria também significar nossa principal oportunidade de entender a importância de uma marca no composto de oferta de produtos, especificamente, os gadgets digitais e eletrônicos.

Daí o leitor pode perguntar: E, então, o que a marca Samsung tem de tão especial em seu showroom/loja/espaço de experiência?

Pois aí é que está: a resposta é nada de mais!

Dentro do Samsung D’Light a sensação que se tem é que poderia ser um espaço de qualquer marca ou de nenhuma marca.

Não porque não houvesse logos da Samsung espalhados pelo espaço. Não porque não houvesse produtos inovadores ou demonstrações de domínio tecnológico e espaços para experimentação desses equipamentos.

A questão é que, embora estivéssemos em Seoul na Coreia do Sul, sede nacional do maior grupo empresarial daquele país que, em termos de participação de mercado, “dá tapa na cara” da LG, certamente com mais de dois terços de share, ante a concorrente do mesmo país, embora estivéssemos diante de uma das 20 marcas mais valiosas do mundo, diante da líder da categoria de smartphones na maior parte dos mercados mundiais, isso não se traduzia em identidade de marca, nem mesmo lá em sua cidade-sede.

Não havia personalidade. Ali poderia ser o espaço da Sony, da LG, da CCE…

O espaço de inovações tecnológicas parecia o da Toshiba ou da Mitsubishi ou mesmo o da Intel (que conheceríamos depois). A loja, com exceção da cor de madeira dos móveis (ante o branco da Apple) não tinha nada de diferente de outras do tipo.

A experiência com a Samsung talvez se dê mais no metrô de Seoul, em que mais da metade das pessoas carregava um smartphone da marca, que no D’Light.

De bacana, sim, é claro que há coisas bacanas no espaço da Samsung (de certo modo, mais coisas bacanas que no espaço semelhante da Sony em Tokyo), vimos o que você pode ver nas fotos a seguir.

Mas nada que nos deixasse sua marca. Curioso.

Samsung D’Light: http://www.samsung.com/us/experience/dlight/main/main.html

Otávio Ribeiro

IMG_2672

IMG_2584

DSC01939

DSC01916 DSC01924

IMG_2677

IMG_2538

IMG_2654

DSC01939

IMG_2527IMG_2617IMG_2612

Anúncios

Uma resposta para “Uma certa empresa coreana

  1. O lugar das foto me para um laboratório tecnológico,creio que daqui um tempo vamos
    Achar um meio de conservar os tecidos humanos e depois utilizar todo o corpo humano como robô .
    Isso será fantástico .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s